sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

A Terra e o Sol da meia noite


    Este filme mostra que devido à inclinação do eixo da terra, toda a região do polo Norte fica exposta ao sol 24   horas no dia 21 de junho(solstício de verão do hemisfério Norte), onde os habitantes podem obeservar o fenônomeno natural conhecido popularmente como o Sol da meia noite. Nos meses de verão, a quantidade de dias em que se é possível observar este fenômeno aumenta gradativamente conforme a Latitude, chegando a seis meses nos pólos.

 
O sol da meia-noite é um fenômeno natural que ocorre nos meses de verão em latitudes norte e nas proximidades ao sul do Círculo Polar Ártico , e ao sul e próxima ao norte do Círculo Polar Antártico.
O Círculo Polar Ártico é o paralelo da latitude 66º 33’ 44"  (ou 66.5622°) Norte.  Ao norte deste paralelo há pelo menos um dia de noite absoluta (24 horas de escuridão) no inverno e pelo menos um dia de luz absoluta (24 horas de sol) no verão boreal (sol da meia-noite) por ano. As principais áreas pelas quais passa o Círculo Polar Ártico são o norte do Canadá, o sul da Groenlândia, o extremo norte da Islândia (ilha de Grímsey), o norte da Escandinávia e o norte da Rússia. São relativamente poucas as pessoas que vivem ao norte do Círculo Polar Ártico devido ao clima. As três maiores comunidades acima do Círculo Polar Ártico estão situados na Rússia: Murmansk (população 325.100), Norilsk (135.000), e Vorkuta (85.000). Tromsø (na Noruega) tem cerca de 62.000 habitantes, enquanto que Rovaniemi (na Finlândia), que se situa ligeiramente a sul da linha, tem um pouco menos de 58.000.
O Círculo Polar Antártico é o paralelo cuja latitude é 66º6/10 Sul. O Círculo Polar Antártico passa pelas partes mais ao norte da Antártica. Durante o Inverno Austral, a partir dessa linha as noites absolutas, com 24 horas de duração, vão se acumulando em direção ao Pólo Sul e durante o Verão acontece o contrário, pelo menos um dia de luz absoluta (24 horas de Sol, Sol da meia-noite) pode ser registrado nesse paralelo. O continente Antártico contém uma massa de terra que cobre grande parte do espaço do Círculo Antártico. Não há população humana permanente na Antartica. Existem, no entanto, vários centros de investigação Antárticas de várias nações que são habitadas por equipes de cientistas que vivem em bases sazonais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário